Google Search Console: O que é e Para que Serve?

Saiba mais sobre essa ferramenta do Google que te permite analisar o tráfego e o desempenho de um site.

Utilizamos diariamente diversas ferramentas do Google, seja na nossa vida pessoal quanto em nosso próprio negócio, ainda que muitas vezes sem nos dar conta disso. O buscador disponibiliza recursos gratuitos e pagos que ajudam as pessoas a criar seu próprio negócio ou otimizá-lo.

Entre essas diversas ferramentas, está o Google Search Console, que dá informações e relatórios úteis sobre como os conteúdos do seu site são exibidos no nas pesquisas do Google. Além de olhar para a “saúde” do seu site.

No texto de hoje, vamos falar um pouco mais sobre essa ferramenta muito útil, que pode facilitar o trabalho de SEO do seu site. Saiba também como usá-la para melhorar a sua estratégia de marketing digital.

O que é Google Search Console?

O Google Search Console é uma ferramenta gratuita do Google que permite que você acompanhe o desempenho do seu site nos resultados de busca, recursos importantes e muito úteis no trabalho de SEO.

Ele também oferece recursos de aprendizagem para te ajudar com isso, indicando métricas importantes sobre performance e que facilitam você encontrar e reduzir erros do seu site.

O Google Search Console te ajuda a assegurar que o seu site seja encontrado e indexado mais facilmente e de forma correta, para que ele tenha mais visibilidade nos resultados de busca de possíveis clientes.

Essa ferramenta era chamada anteriormente de Google Webmaster Tools. Em 2018, ela foi atualizada para uma nova versão, com o intuito de que ela fosse mais ampla e atendesse aos profissionais e também aos usuários leigos no assunto.

Algumas funcionalidades da versão antiga, como AMP, Index Status, Sitemaps, entre outras, foram migradas para a atualização e os planos é que isso aconteça com todos os outros serviços de forma gradativa. Contudo, algumas ferramentas ainda não estão disponíveis na nova versão, como o validador de robots.txt.

Como instalar e para que serve

De maneira resumida, o Google Search Console conta com diversos recursos e relatórios que servem para te ajudar a identificar possíveis problemas no seu site, para que você possa resolvê-los o mais rápido possível e melhorar o desempenho dele, nos mecanismos de busca. Confira a seguir algumas dessas melhorias:

  • Velocidade no carregamento das páginas;
  • Identificação e correção mais rápida em problemas no código HTML;
  • Visualização dos termos de acesso no site.
  • Visualização dos termos de acordo com as páginas, país, dispositivo e outros filtros.

Ao acessar o painel do Google Search Console você consegue consultar diariamente o status do seu site, de forma fácil e rápida, além de receber alertas por e-mail. Caso você não tenha feito a verificação anteriormente, não tem problema, essa ferramenta vai te mostrar os dados dos últimos 16 meses do seu site.

Caso o seu site ainda não foi verificado, vamos entender agora como você pode fazer a instalação e a configuração do Google Search Console. Confira a seguir o passo a passo:

  • Acesse o painel do Google Search Console e faça login na sua conta do Gmail. Caso ainda não tenha uma é bem fácil e rápido de criá-la (recomendamos que seja a mesma que você usa no Google Analytics);
  • Escolha entre Domínio e Prefixo do URL e digite o endereço do seu site na opção desejada, seguindo as instruções da instalação (recomendamos a opção de Domínio, pois nela você pode visualizar todos os possíveis subdomínios existentes);
  • Siga as instruções de confirmação da propriedade. Se tiver escolhido a opção “Domínio” no passo anterior, será preciso fazer uma alteração no DNS do site. Se escolheu Prefixo do URL, aparecem outras formas para verificar que você é o responsável pelo site. Se o e-mail que você está utilizando for o mesmo que criou o Google Analytics, você pode utilizar uma dessas opções para validar. As outras opções necessitam um pouco de conhecimento técnico para validar.
  • Após realizado o passo a passo acima, volte ao Search Console e selecione o botão “Verificar”;

Se você fez tudo corretamente até aqui, a sua propriedade já foi confirmada e está tudo funcionando!

O que é indexação de um site?

Indexar, segundo o dicionário, significa colocar em um índice, uma lista ordenada que indica o conteúdo de alguma coisa. Neste caso, indexar um site quer dizer que você vai colocá-lo no índice do Google.

Com isso, você fornece todas as informações necessárias do seu site para o Google, para que ele possa ser encontrado mais facilmente nas buscas. Pode parecer difícil, mas acredite, não é!

Como fazer para o Google indexar meu site?

Para começo de conversa, você não pode otimizar o seu site para os motores de busca, ou seja, fazer o SEO, se ele não estiver indexado. Para isso, você precisa seguir alguns passos. Confira a seguir:

Rastreamento

O rastreamento de novas páginas e páginas atualizadas é feito pelo robô de rastreamento do Google, o Googlebot. Eles são um conjunto de infinitos computadores que trabalham com o algoritmo de busca e verificam bilhões de páginas da web.

Esse processo de rastreamento começa a partir de links internos, que se conectam entre si e pode ser facilitada através dos Sitemaps XML (mapa do site), que são arquivos que mostram ao buscador a estrutura de um site, suas atualizações e as principais páginas a serem indexadas.

Indexação

Após ter sido feito o rastreamento, o Googlebot processa as páginas e as reúne em um grande índice com todas as palavras encontradas, assim como a sua localização em cada página.

Além disso, também são processadas outras informações como conteúdos em imagens, métricas de perfomance e outras marcações de código dentro do HTML da página.

Dependendo da tecnologia utilizada, seu site pode apresentar dificuldade em indexar as páginas. Antigamente, esse problema ocorria com sites feitos em Flash. Hoje em dia, problemas de indexação acontecem com alguns frameworks em JavaScript como Angular e React.

Nesse último cenário, é importante você assegurar que a renderização do conteúdo esteja sendo feita do lado do servidor.

Publicação dos resultados

No momento em que um usuário faz uma pesquisa no Google através de palavras-chave, os robôs do buscador fazem uma busca em seu índice de páginas e resulta em páginas relacionadas às palavras que foram usadas na pesquisa feita pelo usuário. Esses resultados são aqueles que o algoritmo define como sendo mais relevantes para o usuário.

Há mais de 300 fatores utilizados para determinar essa relevância. Práticas como links de spam, por exemplo, afetam de forma negativa os resultados. Os melhores tipos de links são aqueles identificados como contendo conteúdo de qualidade. Dessa forma, procure produzir conteúdo de qualidade e que esteja de acordo com o restante do seu site.


Se você ficou com alguma dúvida, o Google disponibiliza diversos manuais com orientações para utilizar ferramentas como o Google Search Console. Além disso, a Ecto pode te ajudar prestando consultoria em SEO para a sua empresa.

Agora que você já sabe a importância do Google Search Console para otimizar o seu site e melhorar o desempenho nos resultados de busca, que tal colocar em prática? Não deixe para depois! Entre em contato com um de nossos especialistas para te ajudar.

Categorias:
Newsletter
Carol Picolo logo

Carol Picolo

Redatora e Revisora de Conteúdo na Ecto

Possui experiência em produção de conteúdo em diferentes segmentos. Já produziu conteúdo otimizado em SEO para grandes portais, assim como revisões de textos e traduções. Gosta de escrever sobre diversos assuntos, entre eles beleza, bem-estar e tecnologia.

Veja também

comments powered by Disqus

Solicitar Orçamento

Converse com um Especialista em SEO e entenda quais são as oportunidades de crescimento orgânico para o seu site.